Atendimento: de segunda à sexta das 9:00 às 12:00 e das 14:00 às 18:00.

Acesse SIGMA FROTA

Acesse SIGMA CFC

TELEFONE: (55) 3334.1353 / (55) 9672.5738

Skype: sigmasuporte

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
banner
banner
banner
banner

Dirija seu CFC

  • Melhore as tarefas administrativas do seu CFC, visando a qualidade na prestação dos serviços.
     

CFC 100% Seguro

Seu CFC não corre risco de perda de dados, pois eles estão armazenados em local seguro e dedicado 100% para essa atividade

Agendamento de Aulas práticas

  • Agendamento das aulas de forma automática e manual, reduzindo em até 5 vezes o tempo de marcação das aulas

Relatórios

  • Através de relatórios simples e concisos, acompanhados por gráficos, você poderá administrar melhor seu negócio  

Projeto prevê reajustes de até 140% em taxas do Detran no Estado

O governo Tarso Genro pretende aumentar em R$ 155 milhões a receita do Detran com as novas taxas para motoristas. Seria um acréscimo de 24% na arrecadação do órgão.

Sem unanimidade entre os aliados, o projeto que faz parte do pacote encaminhado à Assembleia reajusta, por exemplo, o licenciamento anual (ou CRLV) que atinge 4,1 milhões de veículos: a taxa passaria de R$ 40,95 para R$ 58,14.

Saiba mais
Veja quais são as propostas mais controversas do pacote

Todo proprietário de automóvel, motocicleta ou caminhão precisa pagar o CRLV anualmente. Mesmo com o reajuste, o presidente do Detran, Alessandro Barcelos, ressalta que o valor ainda seria o menor cobrado entre os principais Estados do país.

Se o projeto for aprovado na Assembleia, esse licenciamento anual será o grande responsável pelo aumento da arrecadação. Mas a taxa que mais subirá é outra. O Certificado de Registro de Veículo, cobrado quando se compra um veículo (zero ou de segunda mão) ou se faz transferência de propriedade, vai passar de R$ 40,95 para R$ 98,34, um aumento de 140%. Essa taxa atingiu cerca de 500 mil pessoas no Estado em 2011.

Uma série de outras tarifas, menos frequentes, também subirão se a proposta passar. A oposição aponta um suposto “caráter arrecadatório”, enquanto aliados pedem mais debates.

Pestana ressalta emissão gratuita de CNH para pobres

Chefe da Casa Civil, Carlos Pestana destaca a outra faceta do projeto, que propõe isenção da taxa de emissão da CNH para pessoas de baixa renda. Já a vistoria para motos sofrerá redução de 26%.

O Piratini também pretende implantar um sistema de gravação das vistorias e das provas práticas de habilitação, além de instalar equipamentos semelhantes a caixas-pretas nos veículos de autoescola. A ideia é combater fraudes. Pestana ainda ressalta a ampliação das operações Balada Segura e Viagem Segura:

— Essas atividades acarretam investimento e, para tanto, requerem a atualização dos valores defasados.

Dos R$ 155 milhões que o governo pretende arrecadar a mais, R$ 55 milhões iriam para o Fundo Estadual da Segurança. A ideia é que os outros R$ 100 milhões fiquem no Detran, mas o dinheiro entra no caixa único.